Você já se perguntou como evitar o sono depois do almoço? É normal que, depois de comermos sentir um sono que surge justamente após essa refeição. Mas você sabia que essa sonolência pode influenciar na sua energia, disposição e produtividade? Isso é bem comum de acontecer com diversas pessoas pois, como o organismo precisa fazer a digestão da comida, todo o nosso fluxo sanguíneo se encontra no estômago para que isso aconteça.

Com o cérebro menos agitado, é normal que a sonolência apareça. O que não pode acontecer é a sua produtividade diminuir todas as tardes após o almoço, não é mesmo? Por isso, hoje daremos algumas dicas para evitar o sono depois do almoço. Continue lendo esse artigo e confira!

O que fazer para evitar o sono depois do almoço?

Para te ajudar a evitar o sono depois do almoço, reunimos algumas dicas essenciais que você pode seguir. Confira:

Evite comer muita gordura!

Você provavelmente já sentiu aquela vontade, quase incontrolável, de se jogar no sofá depois do almoço, não é mesmo? Essa vontade surge, pois, o seu prato está rico em gorduras e para que o seu organismo consiga processá-las, ele precisa de muita energia, deixando você cansado e com sono. Invista em uma refeição mais leve!

Você também deve diminuir as porções de comida nas refeições principais e fazer lanches durante o dia para matar a fome e ficar disposto.

Priorize a refeição com legumes, verduras e carnes magras

Priorize a refeição com legumes, verduras e carnes magras

Você deve dar uma atenção especial não apenas à quantidade de comida que você coloca no seu prato, mas também, ao que você está colocando. Priorizar alimentos que são ricos em carboidratos contribui para a falta de energia. Entretanto, você deve evitar carboidratos refinados, como pães, massas e até mesmo doces.

Ah, lembre-se de mastigar bem os seus alimentos. A mastigação é o primeiro passo do começo da sua digestão e para que ela seja realizada de forma adequada, é preciso mastigar bem os seus alimentos!

Leia também:

Durante a sua refeição, evite beber líquidos!

Não é novidade que para o nosso organismo conseguir trabalhar bem, é preciso muita hidratação. Lembrar de beber, pelo menos, 2 litros de água por dia é essencial para você manter a hidratação do corpo. Porém, se você ingerir muito líquido junto com a comida, você deixará a digestão mais lenta. O corpo já produz os líquidos necessários para a digestão.

Não exagere nas balas, doces e café!

Comer aquele docinho ou tomar uma xícara de café após a refeição é um ato quase inconsciente, não é mesmo? Essa pequena atitude quase que involuntária também pode ser prejudicial para a sua digestão e ainda causar sonolência. Isso acontece devido a quantidade de açúcar que o produto tem e isso faz com que o açúcar que temos no sangue aumente e caia de uma forma muito rápida, fazendo com que tenhamos um pico de energia, para logo depois, essa energia se esvair na mesma rapidez com a qual ela chegou.

Além disso, a necessidade de aumentar a cafeína não é saudável, pois esse hábito inocente pode se tornar algo muito maior, tornando-o um consumidor de demasiada cafeína, gerando a dependência.

Faça exercícios leves

Colocar o corpo em movimento pode ser uma forma de enganar o seu corpo e ajudar a combater a sonolência após o almoço. Uma série de exercícios que não exigem tanto esforço, vão ajudar o sangue do seu corpo a fluir melhor e evitar a famosa fadiga.

Que tal dar um passeio pelo quarteirão, fazer alguns alongamentos básicos ou usar as escadas ao invés do elevador? Caminhar auxilia o organismo a manter-se em estado de alerta e pode ajudar você a deixá-lo mais disposto para encarar o resto do dia.

E se você não estiver com vontade de caminhar, procure conversar com alguém para não cair diretamente no sono.

Preste atenção na sua rotina de descanso!

Preste atenção na sua rotina de descanso!

E se você estiver seguindo com todas as dicas que nós mencionamos durante o artigo e mesmo assim, ainda está sentindo sonolência após o almoço? O sono após o almoço deve piorar se a sua noite de sono não foi reparadora como deveria.

Já mencionamos algumas vezes que uma noite mal dormida vai deixá-lo com mais sono, além de alterar diversos hormônios que podem levar a uma ingestão maior de alimentos no dia seguinte. Cheque se o problema não está no ambiente iluminado demais ou barulhento. Até mesmo o seu colchão pode interferir na qualidade do sono e na sua produtividade no dia seguinte.

Se você estiver sofrendo com insônia ou qualquer outro distúrbio que possa alterar o seu descanso, consulte-se com um médico especialista.

A importância de uma noite de sono reparadora

Dormir bem é extremamente importante para o nosso organismo. Quando somos privados desse descanso, nossa atenção e produtividade caem e não conseguimos nos concentrar para dar continuidade nas atividades do dia a dia como deveria ser. Além disso, alguns hormônios que o nosso corpo produz só são liberados durante a noite, quando estamos dormindo e se não temos o descanso que o corpo espera, também acabamos sendo privados desses hormônios.

Você está pronto para ter noites de sono reparadoras? Clique aqui e confira as melhores tecnologias para o seu sono!