Você já se perguntou se existe alguma maneira de aliviar estresse e o sono excessivo? Acredite, o stress é um problema que não para de crescer e estima-se que 6 a cada 10 pessoas sofrem com esse mal. Mudar de emprego, começar algo novo, preocupações com a saúde são apenas algumas das situações cotidianas que podem causar momentos de estresse no nosso dia a dia.

É claro que, sentir-se cansado e sentir sono é normal após um dia atarefado de trabalho. Até você chegar em um momento de extremo estresse e sono excessivo, o nosso corpo costuma mandar alguns sinais. Se você está procurando saber se há alguma maneira de aliviar o estresse e o sono excessivo, você está no lugar certo. Continue lendo e confira algumas dicas que podem ajudá-lo.

O que é o estresse e o sono excessivo?

Apesar de sempre ouvirmos sobre o estresse, você sabe o que de fato o caracteriza? O estresse é uma resposta física do nosso organismo a algum estímulo. Quando estamos estressados, o corpo pensa que estamos sob algum ataque e muda para o modo de atenção e fuga, liberando algumas substâncias e hormônios como a adrenalina e o cortisol para preparar o nosso sistema para ação.

Já o sono excessivo, você pode identificar alguns sinais do dia a dia. Se você luta muito para se manter acordado durante o trabalho e outras atividades e acaba não sabendo o que causa isso, você pode estar sofrendo de sono excessivo ou cansaço demais.

É claro que se sentir cansado é algo normal. O real problema está quando isso se prolonga por muito tempo pois, além de afetar a sua capacidade cognitiva e afetar a sua produtividade, pode atrapalhá-lo em momentos que você poderia estar aproveitando a companhia de alguém especial.

As causas mais comuns do sono excessivo estão ligadas aos maus hábitos do sono, como por exemplo, um horário muito irregular, distúrbios do sono, efeitos colaterais de alguns medicamentos e o próprio estresse.

Leia também:

Como aliviar o estresse e sono excessivo?

Por muitas vezes o estresse e o esgotamento físico, que pode ocasionar em sono excessivo, andam juntos. Seja por conflitos em seus relacionamentos ou problemas profissionais, como citamos anteriormente. Porém, existem maneiras que podem ajudá-lo a aliviar o estresse sem precisar recorrer à medicamentos.

Listamos algumas práticas que podem ser inseridas à sua rotina e que vão ajudar você nessa tarefa. Confira!

Que tal aderir caminhadas na sua rotina?

Como aliviar o estresse e sono excessivo

Que a prática de atividades físicas é uma das maneiras mais conhecidas para se aliviar o estresse, isso não é novidade. Colocar o corpo em movimento reduz os hormônios de estresse, como o cortisol, e ajuda a liberar endorfinas, as substâncias analgésicas naturais que melhoram o nosso humor.

Além disso, já mencionamos algumas vezes que exercícios físicos possuem um grande impacto na melhoria do nosso sono. Este, é sempre muito afetado pela ansiedade.

É claro que, para você se sentir confortável praticando algum esporte, primeiro é necessário você encontrar algum que você se identifique e goste, sem pressão. Desta forma, você sentirá prazer e criará um hábito positivo que vai auxiliar você na diminuição do estresse!

Evite o consumo de cafeína, álcool e nicotina

Se você puder, evite ou diminua o consumo de cafeína, bebidas alcoólicas e a nicotina. A cafeína e a nicotina são substâncias estimulantes e assim, naturalmente, aumentam o nosso nível de estresse, ao invés de ajudar a reduzi-lo.

O álcool, quando consumido em grande quantidade, também acaba se tornando um estimulante em menor quantidade que os outros dois. Assim, tenha em mente que utilizar o álcool como uma forma de aliviar o estresse, não é algo útil. Adicione na sua dieta bastante água, chás de ervas e sucos de frutas naturais diluídos.

É importante sempre manter-se hidratado pois assim, o seu corpo vai conseguir lidar melhor com o estresse e o sono excessivo.

Aprenda a controlar a sua respiração!

O estresse provoca algumas reações ao nosso corpo que podem fugir do nosso controle. É muito comum sentir o coração batendo mais rápido, a respiração acelerar e ficar ofegante.

O que você precisa ter em mente é que sim, você será capaz de assumir o controle. Existem alguns exercícios de respiração que podem ser aprendidos, desde respirar fundo, contar até 10 e expirar. Esses pequenos exercícios ajudam a desacelerar o ritmo cardíaco, gerando maior tranquilidade para o corpo e para sua mente. Então, quando o estresse atinge você de forma intensa, o importante é tentar colocar os problemas de lado e se acalmar por alguns instantes.

Tome um copo de água

Tome um copo de água

Como mencionamos anteriormente, manter-se hidratado é essencial para ajudar o seu organismo a lidar com situações de estresse e sono excessivo. Além de que, tomar água durante o dia, ajuda o seu corpo a funcionar melhor e previne problemas de saúde. Então se você conseguir tirar um tempinho para acalmar a sua mente, tomar um copo d’água pode ser um ótimo acompanhamento.

Ouça sua música favorita!

Todo mundo tem aquela música que passa uma sensação de bem-estar, não é mesmo? Ela poderá ajudá-lo nas horas e momentos estressantes. Isso faz com que seu corpo e mente se sintam relaxados, pois libera substâncias neuroquímicas no cérebro, como a dopamina por exemplo.

Além disso, existem algumas coisas que podem ajudar você a se sentir menos sonolento durante o dia e melhorar a qualidade do seu sono noturno. Confira:

  • Faça uma dieta equilibrada e evite alimentos pesados ou açúcar durante a noite;
  • Pratique exercícios regularmente, de preferência antes das 18h;
  • Reduza o estresse noturno;
  •  Escureça bem o quarto;
  • Consulte um alergista;
  • Verifique a sua saúde mental.

Sentir sono excessivo e estresse durante os seus dias pode ser a causa do seu cansaço. Além disso, isso pode ocasionar em falta de concentração, problemas de memória e dificuldade de aprendizado, resultando em problemas sérios de saúde.

Se você tem sentido problemas para pegar no sono ou sentindo sono excessivo, lembre-se de consultar-se com um médico especialista para saber qual é o melhor tratamento para garantir uma boa qualidade de vida.

E se você gostou desse conteúdo, confira também: